Alunos do Ensino Fundamental II e Médio encenam a peça “Mulher”

837

MULHER – SUBSTANTIVO CONCRETO, SUJEITO ATIVO DO VERBO SER EM TEMPO MAIS QUE AFIRMATIVO

É um espetáculo baseado em relatos reais que foram publicados em diversos sites e redes sociais. A ficção dramatúrgica serviu apenas para amarrar as histórias. Mostramos um momento em que o levante de mulheres que seguem no front lutando diariamente por igualdade de direitos entre os gêneros, encontra resistência entre outras mulheres. O espetáculo mostra a dor sem deixar de pregar o amor, sem fugir da urgência em mostrar o sangue pisado, o grito interrompido, a fala impedida e a violência passional travestida de cuidado. Um momento onde a ignorância de uma sociedade misógina e machista, inverte valores e desqualifica o feminino para manter a “confortável” hegemonia masculina. Falamos de lutas e conquistas das mulheres, hoje banalizadas por uma parte da sociedade que insiste em se manter na ignorância. Cantamos contra o desrespeito e a objetificação do feminino, um elenco de jovens entre 12 e 18 anos, de ambos os gêneros, que dão vida as suas personagens e junto delas que clamam a reflexão e ao diálogo. O espetáculo é um exercício de cidadania, um protesto encenado através de músicas, poesias e relatos reais. A esperança dos que subirão ao palco é de que um dia muitas destas violências retratadas no espetáculo, sejam lembradas pelas gerações futuras apenas como histórias de um passado distante.

Confira as fotos da apresentação do dia 14 de Novembro!

Alunos do Ensino Fundamental II e Médio encenam a peça “Mulher”
5 (100%) 1 voto[s]