Escola em Osasco

Horário de Atendimento: 

Dias úteis de segunda à sexta, das 09h às 17h

Prazo para resposta:

As demandas recebidas no canal de Ouvidoria são respondidas em até 10 (dez) dias úteis.

OBJETIVO DO CANAL DE OUVIDORIA

Este canal é responsável por receber, registrar, analisar, instruir e responder a consultas, sugestões, reclamações, críticas, elogios e denúncias de clientes sobre as atividades relacionadas à ASPROMATINA, que não tenham sido satisfatoriamente solucionadas pelos canais de atendimento.

A Ouvidoria atua na mediação de conflitos entre o cliente e a instituição sendo uma instância recursal, ou seja, para acionar o canal de Ouvidoria o cliente deve registrar em primeira instância sua demanda nos canais de atendimento da ASPROMATINA.

Caso a análise desses canais de atendimento não seja satisfatória, o cliente poderá recorrer ao canal de Ouvidoria.

Enviar Solicitação

[]
1
Desenvolvimento por: CENTRO DE PESQUISA
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Acontece no Colégio

O auto de Natal!

Um trupe de artistas mambembes contam a história do nascimento de Jesus, trazendo para o público através de músicas e muita poesia o verdadeiro...

Cristo Rei

https://youtu.be/WXxT-dr6Okc    

Padre Mário e os alunos celebram o dia de “Todos os...

Oração do Dia de Todos os Santos “Querido Pai, Você tem dado aos santos do céu a felicidade eterna que vivem agora na plenitude de Sua...

São Judas Tadeu

Oração a São Judas Tadeu ( Para ser ditas em grandes aflições, quando parecemos desamparados de todo socorro visível ou para casos desesperados) São Judas Tadeu,...

Nossa Senhora Aparecida no CNSR

https://youtu.be/55tg5C0jFmE Os nossos alunos celebraram a história de Nossa Senhora Aparecida, com apresentações e danças. Confira o vídeo! “Obrigada, querida Senhora Aparecida, pelas bênçãos concedidas e pelo amor...

Dia dos Professores por Padre Mário

https://youtu.be/TysqTC1Db_A “Agradeço a você pela colaboração, empenho e serviço em prol do desenvolvimento de nossas crianças, adolescentes e jovens.”